segunda-feira, 17 de maio de 2010

Precisava ir embora.

Foto: Mirella

Precisava ir embora. Não aguentava mais viver com ele. Depois de alguns meses juntos, o Soldadinho de Chumbo, começou a mostrar quem realmente era. Não queria que ela dançasse, nem usasse o vestido de bailarina. Dizia que botar as pernas de fora era coisa de prostituta. Mulher dele, tinha que viver pra tomar conta do seu homem e da sua casa, que mais parecia um quartel. Talvez, por ter uma perna só, ele se sentisse humilhado e para descontar a sua raiva do mundo, a humilhava também. Dizia que nunca faria sucesso, que ficar na ponta dos pés numa caixinha de música, não fazia dela especial. Depois de um tempo, começou a beber. Ela não podia mais suportar. Um dia, soube que o circo tinha chegado na cidade. Era sua chance. Achou um jeito de ser levada pra lá e na matinê do domingo se escondeu na mala do trapezista. A bailarina fugiu com o circo e foi parar na Rússia, mas nunca conseguiu dançar no Bolshoi.

Um comentário:

  1. aaah, que lindo!
    adorei o texto! e achei o máximo a idéia do blog. :o)

    ResponderExcluir